tramadol dose rat tramadol buy tramadol or oxycontin

tramadol dose for 50 pound dog buy tramadol tramadol uruguay

ambien show on drug screen zolpidem 10 mg effects of 20mg of ambien

force higher volume windows 7 purchase valium bpv valium

buy ultram online Lowell buy tramadol online tramadol 100 sr

can i take ambien and acetaminophen zolpidem no prescription average prescribed dose of ambien

research chemicals xanax buy xanax can you take xanax and methotrexate

xanax interactions with seroquel buy alprazolam can xanax bars be round

cuantas gotas de tramadol se deben tomar buy tramadol ultram online Overland Park

hotel soma palmshore beach kovalam soma carisoprodol soma dos angulos poliedro

Cocel faz parte do projeto para formação de “Cidade Resiliente”

Comunidade - 16/05/2018 às 9h26

Objetivo é estar preparado para enfrentar situações adversas.

O município de Campo Largo aderiu à campanha global “Construindo Cidades Resilientes: minha cidade está se preparando” – iniciativa do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres, realizada em parceria com o CEPED/PR (Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres). Uma cidade resiliente é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e de maneira organizada prevenir que vidas e bens sejam perdidos. A Companhia Campolarguense de Energia – Cocel é grande aliada do município nesta iniciativa, colaborando para que Campo Largo venha a ser uma cidade-modelo em resiliência.

No dia 09/05 representantes de vários segmentos da sociedade participaram de uma apresentação sobre a campanha realizada no plenário da Câmara de Vereadores. O presidente da Cocel, José Arlindo Lemos Chemin, contou um pouco da experiência da Companhia na busca pela resiliência. “Estarmos preparados para enfrentar situações adversas com rapidez e eficiência faz parte do nosso negócio, e a Cocel está trabalhando para minimizar cada vez mais os riscos e sempre atender rapidamente as demandas dos consumidores” – enfatiza Chemin.

A Companhia já possui um Sistema de Gestão da Qualidade consolidado há vários anos, responsável por identificar os processos mais importantes e estabelecer procedimentos que garantem a padronização das ações, reduzem o risco de erros e tornam as ações mais eficientes e rápidas. Em 2017 foram estabelecidos dois novos procedimentos de grande relevância: o mapeamento de riscos e o planejamento de mudanças. Chemin ressalta que “esta é mais uma etapa importante na profissionalização da gestão da empresa, é necessário conhecer todos os riscos e estabelecer um plano de tratamento, além de realizar mudanças baseadas na análise de dados consolidados”.

A Cocel faz parte do “Comitê para Cidade Resiliente” – grupo responsável por dar andamento às ações do projeto. Coordenado pela Secretaria Municipal de ordem Pública, por intermédio da Defesa Civil, o Comitê possui representantes de diversas secretarias municipais. O Major Eduardo Pinheiro, chefe do CEPED/PR, resumiu as principais etapas do projeto:

  1. Organização para resiliência frente aos desastres;
  2. Identificar, compreender e utilizar os cenários de riscos atuais e futuros;
  3. Fortalecer a capacidade financeira para a resiliência;
  4. Alcançar o desenvolvimento urbano resiliente;
  5. Proteger as zonas naturais de amortização para melhorar as funções protetoras dos ecossistemas;
  6. Fortalecer a capacidade institucional para resiliência;
  7. Compreender e fortalecer a capacidade social para a resiliência;
  8. Aumentar a resiliência das infraestruturas;
  9. Assegurar uma resposta rápida e efetiva frente aos desastres;
  10. Acelerar o processo de recuperação e reconstruir melhor.

 

16/05/2018

Seu navegador está desatualizado!

Atualize seu navegador para ver este site corretamente.Atualizar meu navegador agora

×