soma 2 etapa ufmg order soma soma get fit santa barbara ca

ambien withdrawal rash buy ambien online order ambien Davenport

xanax pupils dilated buy xanax long term effects from taking xanax

25 xanax and drinking buy xanax xanax neurolettico

tramadol mixed with baclofen buy tramadol can i take vicodin after taking tramadol

valium online Cedar Rapids buy valium buy valium Louisville

the soma forms a cone shaped as it projects to form an axon buy soma online no prescription soma new art gallery

chemical composition of valium buy valium online diazepam valium ocd

is tramadol classified as an opiate tramadol buy tramadol and arthritis pain

dzemdību soma uk buy soma online soma hedef dershanesi öğretmenleri

Bandeiras tarifárias

Desde janeiro de 2015 está em vigor em todo o país o Sistema de Bandeiras Tarifárias, instituído pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. As bandeiras vermelha, amarela e verde indicam se haverá ou não cobrança adicional no período, dependendo das condições de geração de energia. Em períodos de pouca chuva, quando a produção das hidrelétricas diminui, são acionadas as termelétricas – que têm custo muito maior. Para custear esta diferença no custo da geração em diferentes períodos foram criadas as bandeiras.

As bandeiras indicam o seguinte:

  • Bandeira verde: condições favoráveis de geração, não há acréscimo do valor da fatura.
  • Bandeira amarela: condições menos favoráveis de geração.
  • Bandeira vermelha: condições muito desfavoráveis para a geração, custo da energia elevado devido ao uso de termelétricas e outras fontes alternativas.
  • Bandeira de escassez hídrica: condições extremamente desfavoráveis para geração de energia.

A indicação sobre qual bandeira está em vigor cada mês é feita pela própria ANEEL, e a informação consta nas faturas de energia. Como o sistema de distribuição de energia é totalmente interligado, mesmo em regiões onde não há falta de chuva a bandeira vermelha poderá ser aplicada.

Apenas os consumidores cadastrados com a Tarifa Social e que consomem menos de 120 kWh no mês têm isenção do pagamento das bandeiras. Para todos os demais, a cobrança é obrigatória para cada kWh gasto. A cobrança não começa a partir dos 100 kWh gastos, incide sobre cada kWh consumido, mesmo que seja menos de 100 kWh no mês. Sobre o valor das bandeiras ainda incidem outros impostos, como o ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, cuja alíquota é de 29%.

Adicional de bandeiras tarifárias (por kWh)

 

Sem Impostos

Com Impostos

Bandeira de escassez hídrica

R$ 0,142

R$ 0,2168

Vermelha – patamar 2

R$ 0,09492

R$ 0,14403

Vermelha – patamar 1

R$ 0,03971

R$ 0,06025

Amarela

R$ 0,01874

R$ 0,02843

Verde

 

0

0

*Valores atualizados em 01/09/2021.

Consulte aqui o histórico de acionamento das bandeiras tarifárias.

Todo o valor arrecadado com as bandeiras é repassado à ANEEL. Nenhuma parte fica com a concessionária, que também não tem poder para mudar as alíquotas de impostos.

Fonte: site ANEEL

 

Fonte: site ANEEL

Saiba mais sobre as bandeiras e sobre como economizar energia clicando no link abaixo:

Cartilha sobre consumo consciente

capa_cartilha_economia