soma cymbalta interactions buy soma online produto da soma pela diferença matematica

chaat cafe soma buy soma frações soma subtração divisão e multiplicação

phentermine en el embarazo generic phentermine what will happen if i take two phentermine

soma anadolu sağlık meslek lisesi puanları buy soma online no prescription myth of soma story

xanax make me happy buy xanax online can u blow xanax bars

can i take tramadol with norco tramadol overnight shipping prolonged tramadol use

diazepam 2mg pregnant buy diazepam diazepam blood levels

can valium cause anxiety in dogs order valium online valium hard drug

will ambien help my anxiety buy ambien online experience with ambien

is valium legal in china diazepam 5mg how long will one valium stay in your urine

ANEEL determina vigência da bandeira tarifária vermelha no mês de maio

Bandeiras Tarifárias - 03/05/2021 às 7h29

Durante todo o mês de maio será cobrado o adicional de R$0,06 (já contando os impostos) para cada quilowatt hora (KWh) consumido. A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL anunciou na sexta-feira (30) a vigência da bandeira vermelha – primeiro patamar, que sinaliza condições desfavoráveis de geração de energia. Nos quatro primeiros meses do ano esteve vigente a bandeira amarela.

De acordo com a ANEEL, o balanço hidrológico do período úmido 2020-2021 resultou no pior aporte hidráulico da história do Sistema Integrado Nacional (SIN), que é medido desde 1931. Os reservatórios das principais hidrelétricas estão baixos, o que aumenta o risco de necessidade de acionamento das termelétricas – que têm custo mais elevado.

As bandeiras tem o objetivo de sinalizar ao consumidor as condições e o custo da geração de energia no país, levando em consideração parâmetros como estimativas de mercado, projeção de volume de produção das usinas hidrelétricas e o custo do acionamento de termelétricas. O Sistema de Bandeiras Tarifárias é totalmente regulamentado pela ANEEL e é válido para todos os estados que fazem parte do Sistema Integrado Nacional (SIN). As distribuidoras de energia não possuem qualquer gerenciamento sobre este Sistema – todo o valor arrecadado é repassado ao Ministério de Minas e Energia, através da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A ANEEL iniciou processo de Consulta Pública para obter subsídios para o aprimoramento da proposta de revisão dos adicionais e da faixa de acionamento para as bandeiras tarifárias em 2021 e 2022. A proposta inicial apresentada pela ANEEL prevê redução de 4% no valor da bandeira amarela e aumento de 10% no valor da bandeira vermelha e de 21% para a bandeira vermelha no segundo patamar. A nota técnica publicada pela agência reguladora e os procedimentos para participação nas consultas públicas estão disponíveis no site aneel.gov.br/consultas-publicas, as contribuições podem ser enviadas até 07/05/2021.          

Fonte: site ANEEL

 03/05/2021