buy alprazolam online Oxnard buy xanax online how many mg is a yellow xanax football

el valium para q sirve buy valium what is valium made out of

do valium show up on a drug test diazepam 10mg valium 5mg benefits

carisoprodol buy Miami buy soma online get carisoprodol Brownsville

tramadol hcl 50 mg classification tramadol no prescription order ultram Murfreesboro

ambien sleep patterns ambien sleep zolpidem buy Woodbridge

soma buy Paterson buy soma online soma vetorial yahoo respostas

zolpidem online Fullerton buy ambien online ambiente vinyl floor tiles

xanax and klonopin bluelight buy xanax exercising while on xanax

over the counter comparable to ambien buy ambien ambien sleeping pill buy

Retrospectiva 2019 – Projeto “Futebol Formando Cidadão” adquiriu materiais esportivos com apoio da Cocel

Ação Social - 23/12/2019 às 4h43

Em setembro, mais de 100 crianças e adolescentes receberam materiais esportivos adquiridos com o apoio da Companhia Campolarguense de Energia – Cocel. Bolas, coletes e chuteiras, entre outros materiais, foram entregues para o projeto “Futebol Formando Cidadão”, realizado pela Associação Águias da Bola na Ferraria e no Jardim Melyane. O projeto foi selecionado através de Chamamento Público do Programa de Apoio a Projetos Sociais da Cocel.

A Associação Águias da Bola atua em doze municípios e conta com aproximadamente 1500 alunos matriculados, que participam de atividades todos os sábados. Em Campo Largo são mais de 150 alunos, em duas unidades: na Escola Estadual Professora Edith (Ferraria) e no Centro de Esportes Unificados (CEU) do Jardim Melyane. No projeto “Futebol Formando Cidadão” são oferecidas aulas de futebol e palestras motivacionais a crianças e jovens de baixa renda, e também lanche.

O objetivo principal da Associação é auxiliar na formação do caráter através da inclusão social. O futebol é utilizado como ferramenta para estimular um convívio saudável com outras crianças, respeito aos pais e responsáveis, combate às drogas e melhora da autoestima dos participantes. Para participar do projeto as crianças devem ter boas notas na escola – o que estimula o melhor aproveitamento e o combate à evasão escolar.